segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O Lobo e a necessidade de amor...


Olá!

Hoje estou muito dado ao romantismo,e,embora já seja muito tarde,não quero deixar de vos escrever umas palavrinhas simpáticas...
Apetece-me divagar a propósito do Amor............
Acho que o pior corrosivo do Amor é a sinceridade.
«Mentir sempre» eis a divisa de um amante que queira ser amado.E não o confessar jámais,
pois a necessidade de amor é tanta neste mundo,que certas mulheres amam até o marido.

Não se zanguem...deve ser do sono...

O LObo

16 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Simpáticas palavras.....

Lobo.., depois do teu soninho lê o que escreveste e nos dá a tua nova versão ao que querias dizer.
Sei que o que expressas num dia não é exatamente o que vais expressar no dia seguinte, então....gostaria da versão de hoje.
Um bom bom inicio de semana para ti e teus leitores.
beijinhos

A Senhora disse...

Mentir é uma coisa. Deixar de falar a verdade, omissão, é outra.
Andar na corda bamba é uma coisa. Ficar sobre o muro é outra.
Falar certas coisas com sono é uma coisa... e dizem que Freud explica. :))

MARIAN disse...

Então?
Que confusão é está?
Afinal o que é que tu pensas?
Ainda vais preso...

Um beijo

APIANISTA disse...

E tem aquelas mentiras sérias, que se tornam patológicas, uma vez que a pessoa vive nelas. Desde que não seja prejudicial, mentir chega a ser um recurso de sobrevivência social inescapável e, muitas vezes, até cultural.

Catarina A Grande disse...

Sei que estás a caricaturar,mas a mentira nem sempre é prejudicial na vida de uma pessoa. Evita até certos constrangimentos. Já viver numa mentira, ao ponto de achar que é verdade, torna-se grave.Podemos até falar que odiamos a mentira, mas muitas vezes lançamos mão desse recurso quase sem perceber.

Teresa Lobato disse...

Sim... deve ser do sono... nem vou comentar!
Era este o assunto sobre o qual, supostamente, iríamos hoje falar? :-)

Tesourinha disse...

O paradoxo é que, embora a sociedade condene a mentira, quem falar a verdade nua e crua o tempo todo será considerado grosseiro e desagradável.

Graça Pereira disse...

Há uma explicação: o sono! Só pode!
É perigoso quando os lobos dormem!!!
Um beijo e boa semana.
Graça

Moralista disse...

Engulamos de uma vez a mentira que nos conforta e vomitemos a verdade que nos amarga.

CHATO disse...

As mentiras sempre foram consideradas instrumentos necessários e legítimos, não somente do ofício do político ou do demagogo, mas também do homem comum.
Um abraço

O LOBO de....POTT disse...

Muito bem,cá estamos com quem nos compreende.
Já estava a ficar preocupado...
No entanto,para quem não está de acordo,quero acrescentar que tudo que digo tem lógica, e tambem está certo.Tudo o que vos digo poderá não ser exactamente assim,mas tambem é assim..., portanto não deixa de ter lógica.
Acredito,ou melhor,tenho a certeza que me entendem.
Continuemos,portanto...

EsteOlhar disse...

De certeza que só podes estar a brincar.
Uma das mais recorrentes causas de separação é, sem dúvida, a mentira. É uma das maiores causas de problemas. Mas muitas vezes não se olha para a total extensão deste problema.

Boa noite Lobo

pernanbucana disse...

Mentir é a coisa mais divertida que uma garota pode fazer sem tirar as roupas... mas é melhor se tirar..

Beijão

Teresa disse...

A mentira é vulgarmente abordada com um olhar egoísta . Isto é, pelo ponto de vista de quem é enganado ou a quem se mente. Mas quem mente entra também numa espiral complicada e perigosa.

Eduarda disse...

Como não tens razão! Uma mentira é uma bola de neve, não podemos controlar o que vai destruir. E sempre destroi algo.Desculpa a intromissão mas mexeu

AnaMar (pseudónimo) disse...

Eu quase que preferia não o entender. mas entendo embora discorde. É o que de melhor tem a escrita: flui e permite a cada leitor ter as suas próprias conclusões.
Bem mas porque nos haveríamos de zangar? È uma opinião e dado que existem tantas realidades quantos os indivíduos porque não ser esta a sua?

Noto alguma ironia nestas afirmações. MAS POSSO ESTAR A NOTAR MAL. OU TER ACERTADO NO TOM SARCÁSTICO e deliciosamente provocatório COM QUE ABORDOU O TEMA.

Tudo depende de como encara amentira. e já se entendeu que a defende assim sendo não me esoanta que veja o AMOR nesta perspectiva.

Mas sempre lhe digo: quando se ama quer-se estar perto junto e sendo a base de qualquer relacionamento a confiança como se pode amar com a mentira?

Achei graça a esta passagem: "...pois a necessidade de amor é tanta neste mundo,que certas mulheres amam até o marido.".

Ó Senhor Lobo: então se não amassem o marido estavam com o homem que amam e não com o marido.
(O importante é que também sejam correspondidas nesse amor).

Eu acho que o pior corrosivo do amor é a mentira!
(Não estará a confundir AMOR com sexo... amizades coloridas... qualquer coisa metrosexual? Hein?:-))

É um Lobo ferido por amor?