quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O LOBO - ...e a Moral ...

A MORAL (estratificação sucessiva de leis económicas herdadas dos nossos avós, com todo o juro acumulado dos preconceitos, falsas interpretações, fanatismos, chinesices), a moral é como um binóculo de teatro:alonga-se, encurta-se, reduz e aumenta, alarga e restringe o campo, em obediência a uma rosca situada entre os dois canudos.Naquela rosca, que tem o poder mágico de deslocar as distâncias, os valores, os planos e as proporções, existem todas as coisas inerentes ao sexo.

A Moral não é mais que um conjunto de precon­ceitos, de dogmas e de mentiras hereditárias, aceites sem exame crítico, e os moralistas estão sempre de acordo sobre todos os pontos do preconceito e da mentira. Um moralista que criticasse um dos dogmas da imbecilidade humana sobre que se apoia a moral, seria um moralista encaminhado na estrada da verdade. Por outras pala­vras, apartar-se-ia daquelas hipocrisias a que se tem de entregar um moralista ortodoxo.



12 comentários:

antonio disse...

Quando te encontrares com um moralista,olha-o com respeito,a prudente distancia,porque a Moral é como a Triquina : vive na carne de porco.

MagyMay disse...

"...a moral é como um binóculo de teatro:alonga-se, encurta-se, reduz e aumenta, alarga e restringe o campo, em obediência a uma rosca situada entre os dois canudos."

Vou mesmo, copiar esta frase, imprimir e pendurar por aqui...

Gostei muito porque a acho na mouche, Pott... Lobo

milhita disse...

A moral são laços espartilhados de cegueira.
Estudamos teorias que não nos atrevemos sequer a testar.. Em franca e amena carneirada!
Bem hajam os loucos..
E já agora, muito me alegram os preconceitos afastados acerca do lado feminino do mundo, aos olhos de quem pensa antes de ver.

Estou contente

O LOBO de....POTT disse...

E eu tb MILHITA............

manuel disse...

Profundidade no raciocinio,visão do mundo excelente.

Parabens

Justine disse...

Oh filósofo, discutir ou apenas comentar o teu post de hoje demoraria muito mais tempo que domesticar um cesto de gatos!!
(Moustaki do tempo de Le métèque: boa escolha!)

Graça Pereira disse...

A moral... era verde, e veio um burro e comeu-a!!!
Moral da história: não há moral nenhuma!!
Se eu disser que sou moralista q.b.... vão-me chamar Extra Terrestre.... Olha, que bom!!!!!
Um beijo
Graça

AnaMar (pseudónimo) disse...

Georges Moustaki, Le meteque...recuei no tempo. Excelente lembrança:-)

Quanto à moral: "ou há moral, ou comem todos".

Agora a sério:-)

Prefiro referir-me aos princípios que nos ajudam a construir um bom carácter, baseado na integridade, como ética, embora sejam conceitos distintos. E como acho que a ética justifica a moral, tem um carácter universalista, guiando as nossas acções. A moral é relativa. A ética promove modificações na moral. Que de acordo com o texto (hoje subscrevo, hehe) necessita mesmo de ser...alterada.

Abraços e beijos

clarinha florida disse...

A Moral é uma grande merda......
Ninho de vicios e discórdia.

disse...

Adorei o post!

*PalavrasDeitadasaoVento* disse...

agradeco-lhe imenso pelas palavras.
o seu blog tb esta bastante interessante , trata de assuntos muito importantes, plo menos pra mim ja que filosofia e uma das minhas areas preferidas.
e o seu esta tb mto original
um beijo filosofico :D

continuando assim... disse...

e é cínico também ... esse moralista qualquer ! é sempre cínico :)


beijooo