terça-feira, 20 de outubro de 2009

..a ignorância do LOBO ...



Quando estou para chamar a alguem de ignorante,pergunto-me a mim mesmo pelo cadastro integral dos diálogos de Platão,ou pelo peso especifico do cloro,ou pelo ano da morte de Enstein;pergunto-me porque é que as lentes bicôncavas diminuem as imagens,ou como se acha o volume da esfera,ou onde passa a Corrente do Golfo;e então abstenho-me de julgamentos precipitados a respeito da ignorância alheia.Quando alguem me chama burro,desarmo-o com uma pergunta:«Desculpe,qual é a capital das Honduras?».Mas quando por minha vez,penso que uma pessoa é muito ignorante,folheio um livro de cultura para os pequenos de dez anos e - mortificante exercicio - constato,página a pagina,quantas são as coisas que não sei.
Se algum dia dissesse de alguem que é um cretino,pareceria achar que os outros eram inteligentes.
Ao contrário disso,só vejo,em torno de mim,gente que se mostra diferente do que é,expõe ideias que não tem,manifesta convicções que não são suas,faz belos gestos e diz belas frases para ocultar alguma deficiencia ou alguma inferioridade.

O LOBO

11 comentários:

Mary disse...

Admito a minha ignorância, admito que pouco sei. Sou uma simples estudantes da vida..

Bj

NOKITAS disse...

Somos todos ignorantes, mas acima de tudo, somos também curiosos, algo que vamos aprendendo ser essencial para se entender o mundo em que vivemos...

NKTAS

MARIAN disse...

Sou movida por uma vontade enorme de partir à descoberta. Sou insatisfeita, quero acima de tudo aprender, sempre mais...
Sou o que se pode chamar uma ignorante.
Como quase toda a gente,pouco sei.
Um beijo grande.

Emília Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MagyMay disse...

E deixa-me que te diga:
Eu que tenho uma imensidão de dúvidas, por vezes (muitas vezes), estou rodeada de gente cheiinha de certezas que abafa apenas e só a insegurança.
Ahhh... mas tenho um sentido de justiça, que me trai e fico cheiinha de certezas.
(confuso, não é?...ou serão contradições?)

Beijo

Graça Pereira disse...

Como sou muuuuuuuuuuuuito ignorante, não comento!
Um beijo.
Graça

A Senhora disse...

Certezas e dúvidas todos temos. Assim como "roubamos" idéias alheias. Sentimo-nos inseguros e nos fazemos arrogantes, quase uma proteção, o abrir de cauda do pavão para se mostrar maior.
Provavelmente se fossemos perfeitos seríamos deuses e não homens.

continuando assim... disse...

obrigada Lobo...:)

onde é a porta da toca...?

bj

continuando assim... disse...

vimos aterrorizados a hipocrisia consentida e admirada por todos... e então pensamos que estríamos melhor na toca dum Lobo qualquer...


:)

Teresa disse...

Assim como existe a pobreza com decoro, há uma ignorancia com decoro, e assim como as mulheres se empoam e se pintam, alguns homens sabem envernizar-se com uma erudição superficial.

bjs

Tété

AnaMar (pseudónimo) disse...

Fantabulástico texto. Mesmo.
Confesso que cheguei aqui, movida pela curiosidade (que um dia um amigo apelidou de mórbida) e não tinha expectativas.
Mas estou a adorar lê-lo.
E o que é mais estranho ainda, tentada a concordar consigo, a maioria das vezes.

O ultimo parágrafo do seu texto expõe os VERDADEIROS IGNORANTES.
Abraço e beijo.