quarta-feira, 10 de novembro de 2010

O Lobo e o ciúme do Macho e as Mulheres...


Nenhuma mulher está à altura de compreender o ciúme do macho, e explicá-lo; é tão inútil como descrever a cor a um cego, o som a um surdo, o amor a um eunuco.

Por todas estas razões, a infidelidade da mulher não só merece perdão, como também nem mesmo deveria ser considerada culpa, porque ela está na impossibilidade fí­sica, orgânica, constitucional, de compreender a dor do homem enciumado, e de sentir pena dele.

Como poderia, aliás, sentir piedade pelo amor do ciu­mento? Por um amor feito quase exclusivamente de ira e de ódio?

A mulher sabe que existe o ciúme porque vê as suas consequências (cenas, separações, tiros de revólver), mas o ciúme, em si, é para ela uma força invisível, incompreen­sível. A mulher diante do ciúme é como o indivíduo que, ignorante das coisas da ciência, assiste a uma reacção ou a um fenómeno estranho, sem conseguir compreender-lhe a causa.

9 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

"Para que um bom relacionamento continuar e seja agradável, é preciso não apenas suspeitar prudentemente como ocultar discretamente a suspeita. "
( Sthendal )

Bom te ver por aqui Lobo.
Andas muito quieto...
estás à espreita??????

Beijinhos

Estrela disse...

Olá, Lobo.
Acho que o ciúme da fêmea é nutrido de amor, paixão e perdão.
Já o ciúme do macho é instigado pela disputa,pelo ódio, pelo desejo de vingança.Estou certa?

Bloguinho da Zizi disse...

Lobo
Neste Natal quero lhe dar alguns presentes:
Presentes que em nossas vidas precisamos de pouco:
Vou te dar uma borracha, pra vc apagar as más lembranças,
uma tesoura pra vc podar o que lhe impede de crescer,
lentes corretoras, que os possibilite enxergar
o próximo e a natureza com amor,
agulhas grandes pra você tecer seus sonhos e ilusões,
um zíper que abra a sua mente quando procurar respostas...
outro pra fechar sua boca qdo se fizer necessário,
um outro pra abrir seu coração...
Um relógio, pra te mostrar que é sempre hora de amar.
Um rebobinador de filmes, pra você recordar os momentos felizes.
Sapatos da moral e ética, pra você pisar com firmeza e segurança por onde tem flores,
enfim, um espelho pra vc admirar uma das obras mais perfeita que é "VOCÊ".

Estrela disse...

Olá,Lobo!
Que 2011 seja duas mil e onze vezes melhor q 2010. Bjocas.

continuando assim... disse...

Feliz Ano !

beijo

teresa

Karine Franco disse...

Concordo com a Estrela...
O ciúme do macho é pura disputa, medo da derrota.

Ótimo texto

Até mais, Lobo

Anónimo disse...

Hoje tive muita vontade de passar por aqui para deixar-lhe um abraço e dizer que"Conhecemos pessoas que vem e que ficam,outras que, vem e passam.
Existem aquelas que,vem, ficam e depois de algum tempo se vão.
Mas existem aquelas que vem e se vão com uma enorme vontade de ficar".
Um abraço...Emília

Maria Ribeiro disse...

LOBO: análise da ESTRELA...Corroborada e subscrita! O Homem não sente ciúme...sente a perda da "presa" que "abocanhou", em tempos...
Beijo
LUSIBERO

Sandra Botelho disse...

A mulher perdoa, o homem mata.
beijos achocolatados